8 motivos para competir, divertir e vivenciar o enoturismo

O Wine Bike – Desafio Vale dos Vinhedos 2017, em Bento Gonçalves (RS), é uma prova de Mountain Bike inédita, inovadora e desafiadora, que une adrenalina, competição e enoturismo. O evento será realizado de 17 a 19 de novembro. E você conhecerá aqui oito motivos para fazer parte dele!

 

#1 EVENTO INÉDITO, INOVADOR E DESAFIADOR DE MOUNTAIN BIKE

O Wine Bike traz para o Brasil um conceito europeu, presente em vários países como Itália, França e Espanha, que é a prova temática. Ela proporciona uma experiência diferente. Evento inédito de Mountain Bike, a competição une paixão pela bicicleta ao enoturismo e promete muita adrenalina e disputa.

Uma oportunidade única de participar dessa iniciativa inovadora, na cidade de Bento Gonçalves, na encantadora região da Serra Gaúcha. O percurso, no Vale dos Vinhedos, terá diversos tipos de terrenos, como estradas de terra, trilhas naturais, riachos, propriedades particulares e estradas pavimentadas em áreas públicas urbanas.

Participe! A primeira edição desse grande evento na Capital da Uva e do Vinho tem tudo para agradar aos amantes da bike e aos apreciadores de vinho de todo o Brasil!

 

#2 VALE DOS VINHEDOS: O PRINCIPAL DESTINO ENOTURÍSTICO DO PAÍS

O Wine Bike possui um aspecto inovador: a sua relação com o enoturismo, que alia a cultura do vinho com o turismo. Assim, nele, o vinho estará sempre presente. Seja no percurso da prova em meio aos parreirais, seja em degustações ou visitas às vinícolas. Afinal tem lugar melhor para vivenciar tudo isso do que a Capital da Uva e do Vinho, Bento Gonçalves, cidade anfitriã do evento?  

O Vale dos Vinhedos, formado por Bento Gonçalves, Monte Belo do Sul e Garibaldi, é o principal destino enoturístico do País e única região que possui os selos de indicação de procedência e de denominação de origem. Portanto, os vinhos certificados nessa região são de altíssima qualidade. 

Além de passar pelos parreirais em seu percurso, durante a programação do evento haverá tempo para degustar vinhos e espumantes – por exemplo – na cerimônia de premiação, com a Festa do Espumante e o Jantar de Massas. A prova também terá atrações culturais e DJs. Sem falar que podem ser agendados passeios às vinícolas da região.  
Com tudo isso fica até fácil se recuperar da prova, não é?

 

#3 EVENTO ESPORTIVO, CULTURAL E ECOLÓGICO VOLTADO PARA O CICLOTURISMO

O cicloturismo, turismo voltado para a bike, une esporte, cuidado com a saúde e consciência ecológica. Ele permite o contato com a natureza e com novas culturas. Quem pedala vai além de apenas ver: conhece e interage com o ambiente.

O Brasil está se tornando um dos grandes destinos de cicloturismo no mundo por suas belas paisagens naturais. Em algumas regiões, como no Rio Grande do Sul, são oferecidas as condições ideais para a prática desse tipo de atividade física.

O Wine Bike convida você a fazer parte desse movimento!

Se a bicicleta é sua companheira de viagem e com ela quer vivenciar tudo o que o Vale dos Vinhedos pode oferecer, de vinícolas à gastronomia, arte e arquitetura, o Wine Bike – Desafio Vale dos Vinhedos 2017 é para você! Uma competição repleta de aventura e belezas naturais, com uma estrutura que garante tranquilidade e segurança. Vamos lá?

 

#4 COMPETIÇÃO EM MEIO AOS PARREIRAIS

Os vales, as paisagens repletas de parreirais e os aromas do Vale dos Vinhedos são alguns dos encantos da região mais tradicional na produção de vinho do país. São verdadeiros cartões postais, que refletem a herança histórica e cultural dos imigrantes italianos, enraizadas nos moradores e na região.  

O dialetto venetto, a construção de capelas, a devoção aos santos e, principalmente, a produção do vinho, são marcas desse legado.

Toda essa emoção se une perfeitamente com o clima de competição e aventura que o Wine Bike vai proporcionar aos amantes do Mountain Bike.

Algo que cativa qualquer um, não é mesmo? Confira e participe!

 

#5 
ATIVIDADE BENÉFICA PARA A SAÚDE E O BEM-ESTAR

A atividade física é essencial para manter o bem-estar, a saúde e a qualidade de vida. O costume de praticar exercícios, por mais simples que sejam, ajuda a prevenir todos os tipos de doença. No Wine Bike não faltará oportunidade para isso! Teremos diferentes circuitos para os mais diversos grupos de atletas interessados!

Entre os exercícios aeróbicos, pedalar é um dos que causa menos impacto nas articulações, oferecendo menos riscos de lesão.  

Quando falamos de ciclismo e de Mountain Bike, se praticados com bom senso e de acordo com as condições de cada indivíduo, é possível listar uma série de benefícios, tanto físicos, quanto emocionais. Confira!

Benefícios Físicos: aumenta a imunidade; combate o sedentarismo; equilibra a pressão arterial; melhora a frequência cardíaca; trabalha os membros inferiores; desenvolve a coordenação motora; gera ganho de fôlego e melhoria na oxigenação.

Benefícios Emocionais: trabalha o equilíbrio; trabalha a confiança; relaxa e combate o stress e a depressão; promove sensação de liberdade e independência. 

 

#6 OPÇÃO DE LAZER E ENTRETENIMENTO PARA A FAMÍLIA

Além de participar do Wine Bike, você pode compartilhar a experiência com a sua família.

O Wine Bike não foca só no atleta! Seus familiares podem estar presentes em diferentes eventos ao longo da programação. Como na Festa do Espumante e no Jantar de Massas, que integram a Cerimônia de Premiação. Neles você pode aproveitar momentos inesquecíveis!

Já no domingo pela manhã haverá vários passeios especialmente programados para você curtir essa bela região com a família. Nosso parceiro, o Dall’Onder Grande Hotel, também organizará vários roteiros de cicloturismo: Caminhos de Pedra, Vale dos Vinhedos, Rio das Antas, Estrada do Sabor, etc.

E a cidade conta com passeios incríveis para crianças. A Casa da Ovelha, por exemplo, é um ponto turístico em Bento Gonçalves, que oferece uma experiência inesquecível seguindo três conceitos principais: o sabor, a saúde e a tradição. Lá, você e os seus pequenos podem se divertir assistindo à amamentação de filhotes, pastoreio de ovelhas com cães Border Collie, entre outras atividades.

Vale a pena levar os seus filhos para Bento Gonçalves durante o Wine Bike, aproveitando tudo o que a cidade tem a oferecer!

 

#7 HISTÓRIA DA IMIGRAÇÃO EUROPEIA EM BENTO GONÇALVES

Bento Gonçalves já foi antes conhecida como Cruzinha e Colônia Dona Isabel. O município foi erguido onde antigamente se situava um distrito da cidade de Montenegro. No início da sua história, a área era habitada por índios. Porém, estes foram expulsos pelos bugreiros – pessoas que atacavam indígenas de forma violenta. Com a saída forçada dos indígenas, se abriu espaço para a colonização da terra, com a chegada dos imigrantes – como alemães, franceses, espanhóis e, principalmente, italianos. Após um início difícil, os imigrantes conseguiram se estabelecer por meio de uma economia baseada na exploração de produtos agropecuários e, também, com enfoque na uva e no vinho – um dos temas principais do nosso evento. Além dos traços culturais provenientes da colonização, como gastronomia e estilo de vida, Bento Gonçalves também adotou o talian como língua co-oficial da região. A língua é utilizada em algumas cidades do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Espírito Santo. É uma variante da língua veneta (proveniente do norte da Itália), que chegou na região junto com os imigrantes italianos. Isto é só um pouco da incrível história de Bento Gonçalves, ou se preferir, Cruzinha. Durante o evento, vocês poderão apreciar de perto e aprender muito mais sobre o que a cidade tem a oferecer.

 

#8 CULINÁRIA LOCAL DOS IMIGRANTES ITALIANOS

Bento Gonçalves oferece uma grande diversidade em termos de gastronomia. Não é à toa que Bento foi escolhida como cidade anfitriã da primeira prova realizada fora do estúdio na quarta temporada do MasterChef Brasil 2017. Como acabamos de falar no sétimo motivo, a cidade tem uma rica história, fundada por imigrantes italianos e alemães, e isso se reflete no mundo culinário. Existem muitos pratos típicos para saborear, sem falar da abundância de vinhos feitos na região (link interno: motivo 2 do enoturismo), que aguçarão sem dúvida o seu espírito de enoturista. Você tem bom apetite e quer experimentar coisas novas? Aqui estão dicas para aproveitar o que a região tem de melhor. Algumas das especialidades salgadas a recomendar são os diversos tipos de massa, pizza e as famosas sopas feitas com massa (Capeletti, Agnolini, etc.). Além disso, queijos de vários sabores e cores (Morbier, Itálico, etc.), fondue (salgado e doce), o galeto tradicional, o salame de javali, etc. Esqueça da ordem de comer doce após o salgado: a cuca alemã à base de uva e as geleias artesanais podem ser servidas em qualquer refeição, como no café colonial. Outros doces típicos da região são sagu, biscoitos (baunilha, limão, goiabinha, manteiga, etc.), panna cotta (de Piemonte) e o chocolate quente como bebida doce principal da Serra Gaúcha. Enfim, lá é possível encontrar opções para todos os gostos e satisfazer os seus desejos gastronômicos!

11 thoughts on “8 motivos para competir, divertir e vivenciar o enoturismo”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *